Lançamentos da Editora Draco na Bienal Rio2017

Olá amigos, hoje estou aqui para avisar que a Editora Draco terá um estande na Bienal e contará com a presença de vários de seus autores.

O estande da Draco será o N13, que ficará no Pavilhão Verde - Rua N. De 31 de agosto a 10 de setembro terá todo o catálogo de livros e quadrinhos com descontos e promoções especiais.

Confiram todos os dias e horários dos autores no blog da Draco->http://blog.editoradraco.com/2017/08/draco-na-bienal-do-livro-rio-de-janeiro-2017/

E lembrem-se de seguir as redes da Draco para se manterem sempre atualizados dos eventos:

Twitter e Instagram: @editoradraco


LANÇAMENTOS DO DRAGÃO NA BIENAL!

O segredo do kelpie, Aya Imaeda
Não deixe que ele te leve para o fundo do rio 


Quando vir um belo cavalo negro à beira de um rio, ou um homem com algas presas aos cabelos, siga o conselho dos antigos celtas: fuja. Esse faery o levará a um túmulo – ou a um altar de casamento – no fundo das águas.
Inspirado em contos de fadas escoceses, prepare-se para mergulhar nessa incrível história contada pelo próprio kelpie. Quando o espírito das águas encontra a humana mais bela que já viu, resolve raptá-la e tomá-la como esposa. A garota, entretanto, é mais esperta do que ele esperava, e não está nada disposta a se casar com um monstro devorador. Então ela o engana e o aprisiona com um contrato de trabalho.

O segredo do kelpie é o mágico romance de estreia de Aya Imaeda. Viaje pela mitologia celta ao lado de selkies, brownies, banshees e outros seres mágicos, sob o ponto de vista de ninguém menos que o mais perigoso deles. Para sobreviver no mundo dos humanos, o faery deverá tomar decisões difíceis e questionar a sua própria natureza. Quando estiver na escuridão, busque a salvação no afeto e nade o mais rápido que puder para encontrar a luz.

Autora: Aya Imaeda
ISBN: 978-85-8243-227-3
Gênero: Romance, YA, fantasia
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 232
Preço de capa: R$ 42,90 (papel)
R$ 19,90 (e-book)



Magos – Histórias de feiticeiros e mestres do oculto
A magia de criar a fantasia 



Há quem possa ferir um inimigo de longe, tendo apenas um fio de seu cabelo. Conjurar entidades que possam aconselhá-lo ou até mesmo o próprio fogo, que queimará ao seu comando. Desde a Antiguidade esses sábios são conhecidos como magos, aqueles que manipulam as palavras e símbolos para transformar a realidade. E agora você está convidado a visitar esse universo onde tudo é possível para os conhecedores das artes ocultas.

Em Magos – Histórias de feiticeiros e mestres do oculto, você vai encontrar relatos secretos sobre espadas míticas e magia céltica. Conhecerá magos que vivem no Brasil, mergulhará em distopias em um futuro não muito distante e até mesmo em um “Oeste bizarro”. Saberá que magia e tecnologia não são tão diferentes, quando acompanhar uma menina para dentro de seu game favorito. Viajará para terras imaginárias, onde a humanidade busca a ascensão em um reino que sentiu a ira do Céu, e se arriscará ao lado de aprendizes incautos ou simplesmente desastrados.

Organizada por Ana Lúcia Merege, autora da série de fantasia O Castelo das Águias, a coletânea traz histórias de poder desvendadas com a magia de Eduardo Kasse, Simone Saueressig, Erick Santos Cardoso, Karen Alvares, Marcelo A. Galvão, Vivianne Fair, Eric Novello, Liège Báccaro Toledo, Charles Krüger, Melissa de Sá e Cirilo S. Lemos.

Conjure seus encantamentos, fortaleça o seu espírito e prepare-se, pois a Porta da Verdade está nas páginas deste livro. Cabe a você abri-la.

Organizadora: Ana Lúcia Merege
ISBN: 978-85-8243-230-3
Gênero: Fantasia, magia
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 272
Preço de capa: R$ 49,90 (papel)
R$ 24,90 (e-book)



Octopusgarden, Gerson Lodi-Ribeiro
Não chegue perto da água
Porque a água não é mais água 


Esse clássico refrão dos The Beach Boys parece ter previsto um futuro onde viagens espaciais levarão os seres humanos para outros oceanos. Onde as viagens pelo cosmo romperão com todas as barreiras do amor livre. Onde humanos e dolfinos, golfinhos ultra inteligentes, dividirão as cabines de suas naves com a mesma naturalidade com que dividem seus orgasmos. Bem vindo ao mundo psicodélico e erótico de Octopusgarden!

A cultura humana alcançou um nível de sofisticação tão elevado que tornou o hedonismo uma prioridade. O sexo consensual entre espécies é um tabu há muito tempo superado pelo Sistema Gigante de Olduvaii, onde golfinhos evoluídos e humanos não encontram limites para o prazer. Nem mesmo na imensidão cósmica de Bluegarden, um mundo oceânico desprovido de vida inteligente nativa!

Vários séculos depois da chegada, uma equipe científica dolfina descobre os octópodes, uma civilização de moluscos racionais onde supostamente não deveria haver ninguém. O primeiro contato se dá de forma traumática. Acusados de invasores, os dolfinos sabem que os seus parceiros humanos exigirão a interdição do planeta, condenando o seu povo a um novo exílio. Mas o que eles não imaginam é que nem o amor será capaz de impedir a guerra.

Octopusgarden é um romance de Gerson Lodi-Ribeiro (A Guardiã da Memória e Aventuras do Vampiro de Palmares), autor premiado de FC publicado no Brasil e exterior. Tome suas pílulas de proteína, coloque seu capacete e mergulhe nessa deliciosa ficção científica erótica que explora a fundo o amor entre espécies.

Autor: Gerson Lodi-Ribeiro
ISBN: 978-85-8243-228-0
Gênero: Ficção científica, erótico
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 308
Preço de capa: R$ 52,90 (papel)
R$ 24,90 (e-book)



The Hype – Max Andrade
Música bombando e o pau quebrando 


Mauro é um professor de cursinho pré-vestibular que precisa redefinir suas escolhas, pois está frustrado com os rumos da vida. Quando um evento inesperado, uns fones de ouvido insanos e uma organização secreta surgem em seu caminho, agora ele terá que fazer o tipo de escolha que irá defini-lo como pessoa, explorando o potencial pra realizar ainda mais pra ajudar os outros. Tudo isso em meio a muita porrada e com o som em volume não recomendável para a audição humana. The Hype é um mangá de Marcel Ibaldo e Max Andrade (Tools Challenge). Ligue a música no talo e caia pra dentro dessa treta!

Preço: R$ 2,99



#DracoBlogs #DracoSpirit #BienalRio

[Resenha] O Príncipe Corvo de Elizabeth Hoyt por Nilton Alves

Olá amigos, hoje trago para vocês a resenha do livro O Príncipe Corvo da autora Elizabeth Hoyt publicado em 2017 pela Editora Record. 

Esse livro faz parte de uma trilogia chamada Trilogia dos Príncipes os outros dois livros são "O Príncipe Leopardo" e "O Príncipe Serpente"


Nesse primeiro livro,
A história se passa na Inglaterra no Ano de 1760. O livro é narrado em terceira pessoa e tem uma narrativa bastante envolvente.

Os personagens principais são:

Edward de Raaf, quinto conde de Swartingham. Um jovem Viúvo que quando criança perdeu toda a sua família para a Varilua e que carrega várias cicratises em seu corpo e em seu rosto da doença.
Por causa disso o conde é uma pessoa ríspida, selvagem, arrogante...
Devido ao temperamento de Edward ele acaba ficando sem seu Secretário e é ia que entra Anna Wren uma jovem viúva de aproximadamente 30 anos que vive com sua sogra e uma criada. Anna perdeu o marido há 6 anos e precisa urgentemente consegui um emprego para poder manter sua casa se não vão morrer de fome.

Ao se encontrar com um empregado do Conde Anna acaba descobrindo que ele está precisando de um novo secretário e ela acaba indo trabalhar para o conde. Sendo sua secretária, o que na época só era uma profissão para homens. Anna é uma mulher que está além do seu tempo. Ela é inteligente e não tem medo do temperamento do conde.

Anna Acha um papel com uma antiga conta de um bordel que o Edward frequenta e acha aquilo um absurdo um homem poder se satisfazer suas necessidades sexuais e um mulher não.

Edward acha Anna uma mulher sem graça que usa um chapéu feio, a única coisa que ele gosta nela é de sua boca ele sempre fala que ela tem uma linda boca. Com o tempo os dois, ambos jovens viúvos de aproximadamente 30 anos vão sentindo atraídos um pelo outro mas para a época isso não pode acontecer. Toda vez que o conde está com a Anna ele fica excitado e para se aliviar ele vai para um bordel em Londres.

Com ajuda de uma amiga Anna vai para Londres e se passa por uma Prostituta e transa com o conde, ele não reconhece ela pois ela estava de máscara e com cabelos soltos, estava totalmente diferente de como o conde a conhece. O legal é que ela fica doida de raiva porque ele não beija na boca dela. Mas eu entendo o porque, um homem jamais beija na boca de uma Prostituta. Pelo menos eu não beijaria mais vamos continuar a história....

O marido de Anna traía ela e a Amante dele passa a chantageia Anna.

O legal da história é que você fica louco imaginado: é agora que vão se beijar, você fica esperando acontecer.

O livro contém apenas duas cenas de sexo mais para mim são leves.

Anna encontra um pequeno livro na biblioteca do Conde que leva o título O Príncipe Corvo um conto de fantasia e o legal é que em cada capítulo do livro temos um pequeno trecho desse livro que ela encontra. Ou seja, temos duas histórias nesse livro a de Anna e Edward e a história do Príncipe Corvo.

Para vocês saberem o como a história termina devem ler o livro.

O livro tem 349 páginas e é dividido em 22 capítulos, possui orelhas e tem as folhas amarelas. A diagramação está perfeita e a capa é linda com detalhes em dourados. O livro é impresso em papel off-white
Gostei muito da escrita da autora, tanto os personagens como o enredo foram muito bem desenvolvidos. São personagens fácies do leitor se apegar.

No final do livro temos os dois primeiros capítulos do segundo volume da Trilogia o que nos deixa louco para ler a continuação.

Quero desejar os parabéns a Renata Vidal que fez um ótimo trabalho no design da capa
Eu simplesmente adorei a história e recomendo a leitura desse livro para todos em especial para os leitores que gostam de romances de épocas.

Dou 5 estrelas.

Obs: gostei tanto que já comprei o segundo volume que estava em pré-venda e vai ser lançado amanhã!

Um pouquinho sobre a autora:

Elizabeth Hoyt é a autora de romance de época mais queria das Américas e best-seller do New York Times, do USA Todas e dá Publishers Weekly. Ela é autora de mais de vinte livros e mora em Minneapolis, Minnesota.

Lançamento do livro O Último Ceifador

Atenção galera de São Paulo, hoje é o Lançamento do livro O Último Ceifador do autor Henrique de micco
Estão todos convidados.


Confira a sinopse:

"Henry é um jovem desequilibrado emocionalmente, que vê sua vida mudar de forma drástica ao ser recrutado por uma ordem sagrada. Uma ordem responsável pela captura de almas errantes num mundo onde o céu é vermelho e humanos reencarnados possuem uma nova chance antes do segundo e último julgamento que determina o destino de suas almas. 

Carregando o peso de suas novas responsabilidades e munido de sua foice, o garoto enfrentará batalhas nunca imaginadas por ele, iniciando sua jornada rumo ao desconhecido que, aos poucos, se mostra mais perigoso do que ele julgava."

[Crônica] Rock in Rio 2017 - Por Marcelo Segala

    Em setembro desse ano teremos mais uma edição do Rock in Rio. Fiz questão de destacar o "in Rio" porque já tivemos Rock in Rio em Lisboa e também nos Estados Unidos. Mas agora será mais uma edição verdadeiramente carioca. Sinceramente, depois de tantas edições, não lembro qual é o número dessa. O que eu me lembro é que em 1991 (estou entregando a minha idade) fui na segunda edição desse festival. Essa edição foi a única realizada no estádio Mário Filho, mundialmente conhecido como Maracanã. Fui em apenas uma única noite para assistir o show de uma banda chamada Information Society, que eu gostava na época. Confesso que não sou muito afeito a multidões e essa foi uma das minhas poucas experiências em shows ao ar livre. Apesar de não ter ido a nenhuma dessas últimas edições realizadas na Barra da Tijuca, posso ver pela TV que a estrutura montada para o evento é suntuosa, com diversos palcos, lugares temáticos e atrações como roda-gigante e tirolesa.
 
    Mas o que eu realmente gostaria de falar nessa crônica não é sobre o festival em si, mas sobre o estilo musical que deu origem a essa marca Rock in Rio. Não sou um especialista em música, longe disso. Costumo dizer que, em matéria de música, sou eclético, isto é, escuto de tudo (Rock, Samba, Música Clássica, Sertanejo, Heavy Metal, etc.). E, independente do estilo, se a música for agradável ao meu ouvido, com certeza vou querer escutá-la novamente. Voltando ao assunto, resolvi escrever essa crônica para falar exclusivamente de Rock. Esse estilo que nos anos 80, quando foi criado esse festival, era dominante e fazia um sucesso enorme. Hoje em dia, fica nítida a decadência do Rock em detrimento do poder comercial de outros tipos de música como o Hip Hop, Funk Melody, Sertanejo Universitário, entre outros. É triste ver que não existe uma renovação musical roqueira e que as maiores atrações do Rock in Rio 2017 são bandas que já existem há, pelo menos, uns 30 anos. É o caso do Guns and Roses, Bon Jovi, The Who e outras mais. Tenho certeza que os "velhinhos" darão conta do recado. Mas quando teremos outras atrações desse nível nascendo para mexer com as estruturas do bom e velho Rock and Roll ?


Se Liga Na Dica: Poker Com O Diabo.

Nesse Frio, nada como um bom café e um bom livro.


Adquira já o seu volume e faça parte dessa turma que encarou o Diabo.

O frete é grátis e ele vai autografado!
Prefere ler em Ebook? Temos a solução perfeita para você!

Acesse: https://www.amazon.com.br/dp/B01LYXKRXC
E adquira o seu por apenas R$ 1,99 e leia onde quiser, no seu celular, tablete ou leitor digital.

Na mesa do Diabo, as cartas dão as regras.

[Lançamento] Após um ano, a série “Silhuetas na Penumbra” vai se aproximando do fim. 


Foram 8 contos e um volume bônus publicados mensalmente nas plataformas Wattpad e LuvBook.
“Ciclo Eterno”, o oitavo e último conto, encerrará esta primeira etapa da série, onde você pôde (ou poderá, se ainda não leu) conhecer a origem dos Renegados, o nascimento de Allpa e Killa, o momento que a maldição foi lançada sobre Elisa e muitas, muitas outras coisas que terão consequências no primeiro volume da série – com nome pré-definido, mas ainda é cedo para divulgar.


No dia 12/08 foi ao ar no Wattpad a primeira parte de “Ciclo Eterno” e o lançamento e encerramento da série tem previsão para o dia 26/08, mesmo dia do e-Ncontro Literário promovido pelo BodeQuim, quem for de São Paulo sinta-se convidado.


Ciclo Eterno – 8º Conto da Série Silhuetas na Penumbra


Sinopse:

Como você se sentiria caso pudesse se recordar de todas as suas vidas passadas? E se dessas reencarnações trouxesse a culpa pelos seus atos falhos?

Um nefilim descobrirá que sua vida sempre esteve ligada a outra e essa ligação poderá destruir tudo ao redor.

No último conto da série "Silhuetas na Penumbra" você será apresentado ao espetáculo mais horripilante da terra, onde uma trupe de artistas circenses o levará a exclamar gritos de euforia mistos a de completo terror. Mas cuidado, nos bancos ao lado você poderá encontrar com os Renegados e com criaturas que anseiam a destruição de Elisa.

[Lançamento] Trilogia – A Saga Gorjam Livro I – Nas Terras de Ákia

TRILOGIA – A SAGA GORJAM
Sinopse do Livro I 


Considerados por muito tempo apenas uma lenda ou um conto, os
Gorjans, criaturas existentes antes dos humanos habitarem a terra, são
forçados a deixarem grutas, vales e cavernas, para enfrentarem duas ameaças
que podem leva-los a extinção: Sucã, uma Sacerdotisa Gorjam que extermina
sua própria espécie para agradar a Grande Serpente, e Lokar, Soberano
conquistador proveniente dalém das águas do Grande Mar, que surge em
busca de vingança à seu ancestral, Jantof, um dos primeiros humanos a
chegar na região, quando Ákia era apenas o nome do maior de todos os
Gorjans.

Envolto nesta trama, o Gorjam Nemaim, descendente de Ákia, junto
com as jovens humanas, Franes, Barneq, Nira e Kiara, além de Lamel e seu
falcão, protagonizam conflitos que proporcionam drama, humor, lágrimas,
tensão, paixão, sangue, traição, guerras; enfim, tudo o que o convívio entre
humanos e humanos, humanos e Gorjans e Gorjans e Gorjans, possam
oferecer para a sobrevivência de uma das espécies, ou até mesmo das duas, se puderem.